Olá Modesto, tudo bem com você?

Estou me despedindo do mês de Outubro, já estamos terminando 2017 e o ano passou correndo com a velocidade acima da permitida 😉 alguém aí anotou a placa???

Não costumo escrever sobre o que aconteceu ou estão acontecendo na minha vida, até porque não me sinto a vontade para escrever sobre ou talvez não ache meu dia a dia tão interessante assim, porém, Outubro merece uma atenção especial e gostaria muito de compartilhar aqui.

Outubro (nada diferente dos outros) foi um mês com altos e baixos, por inúmeras vezes me senti sozinha e um tanto perdida, entre um pensamento e outro considerei voltar à terapia, mas sei que minha melhor sessão será quando realizar o meu maior sonho! O diferencial aqui é que apesar de toda essa montanha russa emocional existe alguém que, ainda, consegue acalmar meus pensamentos.

É interessante perceber o quanto uma pessoa consegue fazer parte de algo que eu ainda não faço a mínima do que seja…

No fundo quero agradeçer todas as coisas boas que aconteceram comigo este ano, afinal foram muitas em meio à tanto drama desnecessário que a vida, sem querer (ou não) nos impõe! E olha… o ano ainda não acabou =)

Acho que só por hoje estou apaixonada, pelo menos ando me sentindo assim… Me sinto grata pelo dia de hoje. Me sinto grata por cada incerteza que tive. Me sinto grata por tê-lo ao meu lado. Me sinto grata por ter um filho incrível. E principalmente, me sinto grata por cada pessoa que passou em minha vida, pois de uma maneira ou de outra, me ensinou (na dolorosa e intensa prática) tudo aquilo que não quero ser e tudo aquilo que não quero ter perto de mim.

(CC BY-NC-ND 4.0)

4

Share: